Pastoral da Esperança

PASTORAL DA ESPERANÇA

A Tarefa desta pastoral é, quando do falecimento de alguém, celebrar as exéquias. Este ritual pode ser celebrado por um padre ou por um ministro devidamente preparado para esta função. Pelo ritual das exéquias expressamos a nossa fé na ressurreição. Nós acreditamos que a morte não é final do caminho, mas o início de uma vida junto de Deus. Por isso esta celebração despedimos do corpo dos nossos irmãos falecidos na esperança de que Deus os acolha na sua Casa e um dia nos juntemos à eles. A comunidade manifesta neste gesto a sua fidelidade à fé.

A Igreja coloca, através da Pastoral da Esperança, a possi bilidade de ser realizada esta celebração especial e facilita aos familiares a procura do celebrante, dado que muitas vezes os familiares não chamam al guém por desconhecerem o trabalho desta pastoral. O objetivo não é só encomendar os mortos a Deus, mas também sustentar a esperança dos familiares e da testemunho de sua fé na futura ressurreição dos batizados juntamente com Cristo. Ao fazé-lo a Igreja busca sustentar e ampliar esta esperança, pois além da realidade da vida já ser difícil, principalmente para os mais pobres, não é fácil lidar com a perda , o vazio da ausência, a saudade e o abismo da separação. Portanto, é levando esta esperança , consolando e reavivando a fé no nosso Deus e na ressurreição que a Pastoral da Esperança trabalha.

Para solicitar os serviços da Pastoral, é necessário entrar em contato com a secretária da Matriz pelo telefone 3383-7477 ou ainda os telefones de seus membros que está afixado no velório do Hospital Júlia Kubistchek.

 

Liturgia Diária

Pedidos de Oração

Estamos em Reforma